2010/04/22 - Um dia na vida de Mellow Yellow

Sou das maiores e mais vistosas flores das redondezas. As minhas pétalas servem de abrigo a quem precisa, e segundo consta produzo um mel delicioso.

Todos os dias me abro para o Sol mas hoje é um dia de chuva. Um dia de chuva é um dia aborrecido. Para começar tenho de ficar fechada em bolbo e não vejo nada mais do que a mim própria. Não sou massajada por abelhas, esvoaçada por colibris, nem meto conversa em dia com as joaninhas.

Sou jovem e vivo pouco por isso cada dia de chuva é um prego no meu caixão. Sei tudo o que perco por não ser um dia de Sol mas não sei o que perco por estar fechada num dia de chuva.

Decidi então arriscar. Respirei fundo e abri. E nesse instante morri.

1 comentários:

Anónimo disse...

Gosto dessa marca d sapatos! LOLADA

Ass: Ice

Enviar um comentário

Olá... estou-te a ver! Podes falar mal ou falar bem mas com juizinho sff! Beijinho e/ou Abraço

Escrito de Fresco porquê?

Há quem me tome por incontinente verbal mas a verdade é que a minha língua não tem débito suficiente para o turbilhão de pensamentos que me assolam a mente a todo o momento. Alguns engraçados, outros desgraçados, mas vários merecedores desta lapidação digital para a posteridade e, quem sabe, para a eternidade. Os escritos aqui presentes surgiram do nada e significam aquilo que quiseres. Não os escrevi para mim mas sim para ti. Enjoy
Ocorreu um erro neste dispositivo

Seguidores