2010/04/15 - Day 1: Last Exercise

Era uma vez...

um começo e um ponto final separados por muitas letras e parágrafos. Até a mais pequena pontuação aumentava a distância entre ambos. Cada um sentia que estava predestinado a pertencer um ao outro mas a corrente criativa teimava em injectar obstáculos no seu caminho.

- "EI! Já começaste está na altura de acabar!"

gritava o começo.

- "Não interessa quanto escreves mas sim começar!"

reforçava o ponto final.

Mas eu não parava. Queria mostrar trabalho feito à srª profª Marta. Após escrever mais uns momentos percebi que quem estava a estragar a história era eu. Assumo a culpa e despeço-me desejando-lhes felicidades: ponto final.

... e viveram felizes para sempre.

0 comentários:

Enviar um comentário

Olá... estou-te a ver! Podes falar mal ou falar bem mas com juizinho sff! Beijinho e/ou Abraço

Escrito de Fresco porquê?

Há quem me tome por incontinente verbal mas a verdade é que a minha língua não tem débito suficiente para o turbilhão de pensamentos que me assolam a mente a todo o momento. Alguns engraçados, outros desgraçados, mas vários merecedores desta lapidação digital para a posteridade e, quem sabe, para a eternidade. Os escritos aqui presentes surgiram do nada e significam aquilo que quiseres. Não os escrevi para mim mas sim para ti. Enjoy
Ocorreu um erro neste dispositivo

Seguidores